Os Melhores Comestíveis de CBD

Existe maneira mais fácil de usar o CBD do que com balas, chocolates, chás e cafés? Aprenda tudo sobre os deliciosos e versáteis comestíveis de CBD aqui.

Artigo escrito por
Daily CBD , postado a 5 dias atrás

Espera um momento – quer dizer então que é possível comer para aliviar a ansiedade e a dor? Os comestíveis são definitivamente uma das formas mais divertidas e inovadoras de obter sua dose diária de CBD, abrindo um vasto espectro de possibilidades para o consumo deste canabinoide – de balas de goma e substitutos de bebidas energéticas aos clássicos brigadeiros de maconha e até óleos de cozinha.

Mas com uma variedade tão ampla de lanches disponíveis, como escolher?

Nem todos os comestíveis de CBD têm um bom custo-benefício e muitos deles devem ser evitados por terem ingredientes mal pensados ou concentrações de CBD que são baixas demais para serem eficazes.

Mas não se preocupe! Nós fizemos as pesquisas e os testes para você. Aqui estão alguns dos nossos comestíveis de CBD favoritos separados por categorias chave.

  • Tabela de Conteúdo

Nossos Comestíveis de CBD Mais Bem Avaliados

NúmeroProdutoTotal de CBDPotênciaCusto por mg de CBDLink

1

Balas de Goma Comestíveis da Hemplucid

125 – 750 mg

15 – 25 mg/bala

US$0,13 – US$0,17

2

Óleo de Coco com CBD da Lazarus Naturals

300 – 1.200 mg

10 mg/ml

US$0,04 – US$0,05

3

Cânhamo Ativado da Kat’s Naturals

336 – 2.688 mg

12 mg/grama

US$0,06

4

X-Pen da Elixinol

1.000 mg

100 mg/ml

US$0,13

5

Chocolates com CBD da Pure Science Lab

60 – 140 mg

5 – 15 mg por porção

USS0,21 – US$0,28


1. As Melhores Balas de Goma de CBD

US$19,95 – US$109,95
Hemplucid

Balas de Goma Comestíveis da Hemplucid 5 – 30 unidades

4 / 5

  • Total de CBD:

    125 – 750 mg

  • Potência:

    15 – 25 mg/bala

  • Custo por mg de CBD:

    US$ 0,13 – US$ 0,17

  • Tipo de Extrato:

    Espectro Completo/ Isolado

As balas de goma são, provavelmente, o comestível de CBD mais popular e com mais opções no mercado atualmente.

Esta versão da Hemplucid não é a mais barata disponível, mas a empresa faz valer o preço com duas ofertas de potência (sendo uma delas de 25 mg/bala, considerada bem alta para este tipo de produto) e com a possibilidade de se escolher entre espectro completo e isolado de CBD.

Como sempre, recomendamos a compra de quantidades maiores para fazer valer seu dinheiro.


2. O Comestível de CBD Mais Barato

US$15,00 – US$50,00
Lazarus Naturals

Óleo de Coco com CBD da Lazarus Naturals 30 – 120 ml

4.5 / 5

  • Total de CBD:

    300 – 1.200 mg

  • Potência:

    10 mg/ml

  • Custo por mg de CBD:

    US$ 0,04 – US$ 0,05

  • Tipo de Extrato:

    Espectro Completo

Ó óleo de coco possui benefícios já bem conhecidos para a saúde. Usado juntamente com o CBD, então, é uma combinação imbatível.

O Óleo de Coco com CBD da Lazarus Naturals é feito com extratos de espectro completo e vem em dois tamanhos, 300 mg e 1.200 mg. Ambas as embalagens oferecem a mesma potência de CBD: 50 mg por colher de chá (ou 10 mg/ml).

Mas o que mais chama atenção neste produto, assim como em muitos outros da Lazarus Naturals, é o preço. Por apenas US$ 0,04 por mg de CBD, você leva um comestível versátil e de qualidade.

A empresa sugere que seu óleo pode ser ingerido diretamente, utilizado em receitas ou até mesmo aplicado sobre a pele para uso tópico.


3. O Melhor Comestível de CBD para Receitas

A Kat’s Naturals é uma das poucas empresas que oferece produtos deste tipo no momento.

Este cânhamo ativado é rico no espectro inteiro de canabinoides e terpenos encontrados na planta de cannabis – o que não é de surpreender, já que são simplesmente os botões secos de plantas de cânhamo em óleo de TCM.

As aplicações deste produto são virtualmente ilimitadas – você pode usá-lo para fazer seus próprios tópicos, óleos, comestíveis, cápsulas e bombas de banho de CBD. Você pode até adicioná-lo diretamente nos alimentos ou vitaminas, ou dá-lo para seus pets.

O Cânhamo Ativado da Kat’s Naturals é excelente para os criativos e inventivos de plantão!


4. O Melhor Concentrado de CBD Comestível

US$129,00
Elixinol

X-Pen da Elixinol 1.000 mg

4 / 5

  • Total de CBD:

    1.000 mg

  • Potência:

    10%

  • Custo por mg de CBD:

    US$ 0,13

  • Tipo de Extrato:

    Espectro Completo

A X-Pen da Elixinol é um concentrado de CBD de alta qualidade embalado em uma caneta de dosagem simples e conveniente. Cada clique da caneta libera exatamente 15 mg de extrato de cânhamo de espectro completo.

Apesar de você poder usar a X-Pen da Elixinol como qualquer outro concentrado – com cigarros eletrônicos, topicamente, etc. – ela é feita especificamente para o uso oral. Cada caneta vem com um bocal removível que você pode limpar entre os usos.

Nós adoramos a qualidade do concentrado utilizado na X-Pen, assim como a simplicidade do uso. Considerando o design inovador, era de se esperar que este produto custasse caríssimo – o que não é o caso.


5. O Melhor Chocolate de CBD

US$16,95 – US$29,95
Pure Science Lab

Chocolates com CBD da Pure Science Lab

4.5 / 5

  • Total de CBD:

    60 – 140 mg

  • Potência:

    5 – 15 mg/pedaço

  • Custo por mg de CBD:

    USS 0,21 – US$ 0,28

  • Tipo de Extrato:

    Isolado de CBD

A Pure Science Lab oferece três tipos de chocolate infundidos com CBD: barra de chocolate meio amargo, pedaços de chocolate meio amargo e pedaços de chocolate meio amargo com manteiga de amendoim.

Nós gostamos de todos eles, mas nosso formato preferido é a barra. Cada quadradinho contém 5 mg de CBD, o que facilita o cálculo exato de quantas porções você necessita para atingir sua dose desejada.

Este produto é ótimo para consumir ao longo do dia, quando estamos cansados no trabalho ou na universidade e precisamos daquele lanchinho para renovar as energias.


Como Avaliar Comestíveis de CBD Rapidamente

  1. Procure produtos feitos de cânhamo industrial 100% orgânico, sem OGMs, livre de pesticidas, cultivado nos Estados Unidos ou no norte da Europa.
  2. Só apoie empresas de CBD que forneçam testes laboratoriais de terceiros atualizados para comprovar suas alegações.
  3. Declarações de princípios costumam ser um indicador do esforço geral colocado pelo fabricante – procure empresas que publicamente doam para caridades ou que oferecem declarações de princípios fortes (e críveis).
  4. Compare produtos pelo custo por mg de CBD e potência para avaliar o valor geral.
  5. Dê uma olhada nos outros ingredientes – você vai se surpreender com a quantidade de comestíveis de CBD que são feitos de açúcar puro e aditivos sintéticos.

→ Veja aqui os critérios que usamos para avaliar empresas e produtos de CBD.


O Que São Comestíveis de CBD?

O termo “comestível de CBD” cobre uma gama extremamente ampla de produtos de CBD. Qualquer aplicação comestível (ou bebível) do CBD é considerada um comestível. Isso inclui desde balas de goma e chocolates de CBD até chás e cafés – e muito mais.

Os comestíveis são uma das maneiras mais antigas de se consumir a planta de cannabis. Por séculos, os humanos vêm usando as sementes, folhas e flores da planta na culinária.

Um bom motivo para isso é que, para que os efeitos psicoativos da maconha sejam sentidos, a planta precisa ser aquecida a 220 graus Celsius. Assim, cozinhar a cannabis nos alimentos fornece o calor necessário para ativar as moléculas que produzem o barato da maconha.

Os comestíveis de CBD incluem:

  • Balas
  • Chocolates
  • Chá
  • Café
  • Óleos de cozinha
  • Mel
  • Chicletes
  • Água

Os comestíveis de CBD vão até onde a imaginação dos fornecedores alcança – este formato de CBD floresce na criatividade.

A ressalva com os comestíveis é que, muitas vezes, você obtém menos conteúdo de CBD do que em outros formatos. Além disso, pode ser mais difícil (ou até impossível) dosar estes alimentos precisamente.

Benefícios dos Comestíveis de CBD

Graças à familiaridade com o formato, é comum que os comestíveis de CBD sejam a primeira escolha de muitas pessoas que estão começando a usar o CBD. Tinturas, óleos para vaporizador e concentrados podem ser intimidadores se você nunca usou a erva antes, especialmente com a conotação negativa que ainda pesa sobre a planta de cannabis.

Os comestíveis são uma maneira amigável e relativamente inofensiva de consumir CBD pela primeira vez.

Você pode levá-los basicamente para qualquer lugar e eles são extremamente discretos. Ninguém presta atenção quando você pega um lanche de CBD no trabalho, mas comece a usar um cigarro eletrônico e veja o que acontece!

Outra vantagem é que os óleos de CBD de espectro completo costumam ter um sabor terroso que algumas pessoas acham desagradável. Os comestíveis são a melhor maneira de esconder ou melhorar este sabor.

Mas um dos melhores aspectos dos comestíveis de CBD é a cultura por trás deles. Tudo que você ama na gastronomia pode ser traduzido para este meio. Ele cria uma nova comunidade de pessoas que querem compartilhar e discutir seus comestíveis de CBD preferidos.

Alguns benefícios dos comestíveis de CBD sobre outros métodos de administração incluem:

  • Eles são convenientes
  • Eles são deliciosos
  • Eles são relativamente acessíveis em termos de preço
  • É difícil exagerar a dose com os comestíveis de CBD
  • Eles são discretos
  • O sabor terroso de cânhamo de alguns óleos pode ser escondido com outros ingredientes

Entendendo os Diferentes Tipos de Comestíveis

“Comestíveis de CBD” é um termo amplo, então escolher o melhor tipo de comestível (para além do conteúdo de CBD) é uma empreitada completamente diferente. Acima de qualquer coisa, o principal fator deve ser sua preferência pessoal.

Dito isso, o modo de consumo mais eficaz para comestíveis de CBD são os alimentos ricos em ácidos graxos – em outras palavras, óleos e gorduras. Isso acontece porque o CBD é um composto lipossolúvel e seguirá a absorção de gorduras no trato digestivo. Quando consumimos alimentos ricos em gordura, nosso corpo se prepara secretando enzimas específicas que quebram as gorduras e melhoram sua absorção, para que o corpo possa aproveitar a refeição ao máximo.

O CBD consegue então pegar uma carona com as gorduras para a corrente sanguínea de forma mais rápida e eficiente.

Mas não se preocupe muito se você decidir comprar um produto de CBD que contém uma base de açúcar ou água ao invés de lipídios – você ainda vai conseguir uma dose saudável de CBD, contanto que o produto tenha um conteúdo de CBD suficiente pra início de conversa.

1. Chocolate

O chocolate é um vetor perfeito para o CBD por três motivos principais:

  • Contém bastante gordura, o que ajuda a melhorar a absorção do CBD como mencionamos acima;
  • Contém um estimulante leve próximo da cafeína, o que fornece benefícios adicionais na redução da exaustão e fadiga mental;
  • Seu gosto esconde facilmente o sabor dos extratos de cânhamo que algumas pessoas consideram desagradável.

Os chocolates de CBD são uma das categorias de comestíveis que está se expandido mais rapidamente. Apenas certifique-se de gastar seu suado dinheirinho em produtos que contêm doses razoavelmente altas de CBD e que usam chocolate de verdade ao invés dos impostores cheios de açúcar sendo vendidos como chocolate hoje em dia.

2. Balas de goma e outros doces

As balas de goma foram um dos primeiros comestíveis de CBD a entrar no mercado popular – e com motivo.

O CBD se dissolve prontamente na base açucarada da goma utilizada para fazer estes doces e cada balinha pode conter uma dose confiável de CBD.

No entanto, há alguns aspectos das balas de goma nos quais devemos prestar atenção.

Pra começar, elas são feitas em moldes. Se o CBD fosse adicionado à cada molde, poderíamos ter a garantia que todos contêm a mesma quantidade de CBD. Mas não é assim que a maioria das empresas fabrica suas gomas.

Ao invés disso, uma grande fornada de mistura de goma é combinada com o extrato de CBD (geralmente isolado) e mexido. A mistura então é colocada nos moldes. Na maioria das vezes, isso não é um problema, mas se a fornada não é mexida o suficiente, você vai acabar com balinhas que têm muito CBD e outras que têm muito pouco, dificultando sua dosagem.

O segundo problema com as balas de goma é o fato de que seu principal ingrediente é o açúcar – que, já se sabe, não deve ser consumido em excesso nem com muita frequência. Se você está usando as balas de goma para consumir doses altas de CBD diariamente, é fácil exagerar na ingestão de açúcar.

Colocando tudo isso de lado, as balas de goma continuam sendo um dos melhores e mais populares métodos de ingerir CBD no mundo todo. Elas são gostosas, baratas, duram muito e fornecem doses relativamente precisas de CBD.

3. Café

Café e CBD combinam excepcionalmente bem. A cafeína é um estimulante e nootrópico bem conhecido, que ajuda a sustentar os níveis de energia, melhorar foco e concentração, e evitar a exaustão e fadiga mental.

Infelizmente, a cafeína vem com alguns efeitos colaterais, incluindo tremores, episódios de ansiedade e aumento da pressão arterial.

O CBD tem uma capacidade única de adereçar a maioria (se não todos) destes efeitos colaterais sem impactar os benefícios da cafeína negativamente. A sinergia entre café e CBD não pode ser subestimada.

Adicionar CBD previamente ao café não é novidade nenhuma neste sentido, mas aumenta a conveniência do processo. Você não precisa mais se lembrar do seu suplemento de CBD pela manhã – apenas faça seu cafezinho como sempre e pronto. Você tomou os dois.

Os cafés de CBD costumam ter um preço ligeiramente mais alto que outros formatos de CBD, o que é justo. Você tem que lembrar que este é um item especializado. Se você está buscando a opção com melhor custo-benefício, melhor tomar óleo de CBD juntamente com seu café normal.

Mas se você é um connoisseur, este é um produto que vale à pena experimentar.

4. Chá

Assim como o café, os chás vêm se tornando cada vez mais populares como métodos de usar CBD. As empresas estão adicionando CBD a todos os tipos de chás, do tradicional chá verde ao matcha japonês.

Nós adoramos chás e corremos atrás de todos os chás infundidos com CBD que podemos encontrar.

Pra falar a verdade, nós encontramos apenas um punhado de produtos que de fato gostamos e muitos dos melhores chás são caros demais considerando o que você de fato recebe. Mas as coisas estão mudando neste espaço, com empresas como Buddha Teas e Pure Science Labs oferecendo alguns chás com CBD realmente bons a preços razoáveis.

Uma das desvantagens do chá é que ele tem uma base de água ao invés de óleo. Isso é um problema, pois o CBD não dissolve bem em água. Para tirar todo o CBD dos sachês de chá, você precisará usar água fervente e permitir que o chá descanse por muito tempo – o que não é ideal para o chá em si. Chás pretos e verdes passarão do ponto nestas condições, deixando um gosto adstringente e amargo na bebida.

Por este motivo, preferimos usar chás herbais com infusão de CBD ao invés dos chás tradicionais, pois eles permitem que você use água fervente e deixe o chá descansando por até 15 minutos. Assim o CBD pode se dissolver na água o máximo possível antes de você beber, produzindo efeitos mais fortes e te dando mais retorno pelo seu dinheiro.

5. Bebidas alcoólicas

Bebidas alcoólicas infundidas com CBD são novas no mercado. Não há muitas opções nesta categoria e a maioria delas ainda não é legalizada internacionalmente.

No entanto, há alguns peixes grandes entrando nesta cena, com a Molson Coors (uma fabricante de cerveja canadense). Espera-se que este mercado cresça exponencialmente nos próximos anos, então fique de olho – nós falaremos sobre os avanços nesta área na medida em que eles acontecerem.

Enquanto isso, a melhor maneira de começar com coquetéis alcoólicos de CBD é usar mel, tinturas (de preferência, à base de álcool) e glicerina vegetal feitos com CBD. Você pode simplesmente misturar estes produtos nas suas bebidas como faria com um xarope.

É interessante que, quando se adiciona tinturas de CBD à cerveja, elas fornecem um sabor agradável de lúpulo que é um ótimo complemento ao sabor da própria cerveja. O lúpulo é também um membro da família das plantas de cannabis – então não é de se surpreender que estas duas plantas combinem tão bem.

6. Manteigas e óleos de cozinha

Manteigas e óleos de cozinha infundidos com CBD são uma maneira excelente de usar o CBD com seus pratos em casa. Os canabinoides altamente lipossolúveis da planta se dissolvem facilmente em diversos óleos comestíveis, incluindo óleo de coco, azeite e óleo de semente de cânhamo.

Na verdade, o primeiro passo na fabricação de um comestível de CBD é fazer um óleo infundido como estes. Os produtos nesta categoria simplesmente antecipam o 1o passo para que você possa começar a cozinhar imediatamente.

Existem diversos tipos de produto nesta categoria e você vai conseguir encontrar praticamente qualquer óleo de cozinha que preferir. No entanto, a maioria dos experts concorda que utilizar gorduras saturadas – como óleo de coco ou manteiga – é a melhor opção. Elas são mais estáveis no calor e têm uma ótima capacidade de dissolver o CBD e outros canabinoides, o que permite aos fabricantes fazerem óleos mais forte do que seria possível com óleos poli-insaturados como azeite ou óleo de abacate.

Sempre que usar óleos de cozinha com CBD, verifique a potência do produto, pois ela pode variar muito. Nós recomendamos utilizar algo com uma potência mais alta e, se necessário, diluir o produto em óleos não ativos para atingir a dose certa.

É mais fácil diluir um óleo de potência alta do que intensificar um óleo de potência baixa.


Como Dosar os Comestíveis de CBD

A dosagem pode ser difícil com os comestíveis, mas há maneiras de descobrir.

Com produtos como chás, cafés e brownies, a única coisa que se pode para calcular razoavelmente é um intervalo de dose, pois existem muitos fatores que podem afetar a quantidade de CBD e outros canabinoides contidos nestes produtos.

Com os brownies, por exemplo, o calor do forno pode converter parte do CBD em outros canabinoides como o CBN, sendo que esta taxa de conversão depende da temperatura e do tempo. Assim, é incrivelmente difícil saber exatamente quanto CBD você está ingerindo.

No caso dos chás e cafés, o tempo que você deixa o produto descansando também pode afetar a quantidade de CBD que você recebe.

Como já mencionamos, a dose das balas de goma é muito mais fácil de calcular, já que o fabricante fornecerá a quantidade exata de CBD por unidade.

Aqui vão algumas dicas para calcular a quantidade de CBD para diferentes tipos de comestíveis. Você pode usar estas informações para chegar à sua dose desejada.

Tipo de ComestívelDicas Para Calcular a Dose
Chocolate Os chocolates terão a quantidade de CBD da barra inteira listada. Você pode dividi-la pelos quadradinhos para obter doses menores.
Balas de goma O fabricante listará a quantidade exata de CBD contida em cada bala.
CaféO café pode ser calculado aproximadamente dividindo-se o total de CBD listado pelo número de porções sugeridas na embalagem. Você terá que fazer ajustes se prefere um café mais forte ou fraco.
CháOs chás geralmente listam a quantidade de CBD por saquinho – mas você deve considerar que, ao menos que esteja fazendo um chá muito forte, apenas uma fração do CBD passará dos sachês para a água.
Bebidas alcoólicas As bebidas alcoólicas devem ser calculadas pela fonte de CBD que você está usando para fazer a bebida. Por exemplo: se você está usando uma tintura para adicionar o CBD, utilize sua potência (em mg/ml) para medir a quantidade certa.
Óleos de cozinha Os óleos de cozinha podem ser calculados ao se dividir o total de CBD pelo volume do frasco. Isso te dará uma medida em mg/ml. Quando você souber a quantidade de CBD que quer, é fácil descobrir a quantidade de óleo em ml que você precisa.

No final das contas, é importante lembrar que muitos destes comestíveis não foram feitos para serem usados no caso de condições médicas específicas. Eles servem mais como uma maneira interessante de usar o CBD como apoio geral à saúde. Se seu objetivo é tratar sintomas específicos, recomendamos que você escolha algo mais preciso, como óleos ou cápsulas.

Se você não tem muita certeza de quanto CBD vai precisar, aqui estão algumas das nossas orientações baseadas no seu peso e na força de CBD que você deseja.

Ingestão diária recomendada de CBD baseada em peso e força desejada (em mg de CBD)
Peso (kg)Força BaixaForça MédiaForça Alta

45 kg

10 mg

30 mg

60 mg

56 kg

13 mg

38 mg

75 mg

68 kg

15 mg

45 mg

90 mg

80 kg

17 mg

52 mg

105 mg

90 kg

20 mg

60 mg

120 mg

102 kg

22 mg

67 mg

135 mg

113 kg

25 mg

75 mg

150 mg

Para mais informações sobre dosagem, visite nosso guia de dosagem para óleos de CBD.


Os Tipos de Extrato e os Comestíveis de CBD

Uma outra decisão importante que você deve tomar é entre o uso de um produto feito de isolado de CBD ou de extrato de espectro completo.

Vamos explicar o que é cada um:

1. Comestíveis de Espectro Completo

Os comestíveis de espectro completo são feitos para preservar o perfil canabinoide natural encontrado na planta. Isso significa que todos os canabinoides do cânhamo acabam no produto final.

Eles geralmente são preferidos por puristas que procuram obter os benefícios da planta de cannabis como um todo, e não só do CBD. Existe um fenômeno natural chamado efeito entourage que sugere que todos os compostos fitoquímicos da planta de cânhamo trabalham juntos para produzir efeitos mais fortes do que qualquer composto individual isolado.

Há vantagens claras no uso de comestíveis de espectro completo:

  • Eles aproveitam benefícios adicionais à saúde de outros canabinoides como CBC, CBG, CBN, THC ou THCV.
  • Eles geralmente requerem menos processamento e menos aditivos.
  • É necessária uma dose menor para produzir o mesmo nível de efeitos de um isolado.

No entanto, há também algumas desvantagens de se usar comestíveis de espectro completo:

  • Eles são mais caros do que os isolados.
  • Existe o potencial para efeitos psicoativos se os níveis de THC estiverem acima de 0,3%.
  • Cada produto pode variar significativamente dependendo dos outros canabinoides e terpenos no extrato.
  • Pode ser difícil padronizar os níveis exatos de CBD.

Na maioria dos casos, os comestíveis de espectro completo são a melhor opção. Eles têm uma ação mais forte e produzem uma gama mais ampla de efeitos do que compostos isolados. A maioria dos profissionais da saúde com experiência em medicina fitoterápica prefere comestíveis de espectro completo ao invés dos isolados.

2. Comestíveis de Isolado de CBD

Os isolados de CBD são produzidos ao se concentrar o conteúdo de CBD de um extrato de cânhamo, removendo todo o resto – incluindo ceras, álcoois, ésteres, terpenos e os outros canabinoides. Este isolado é então usado para fazer o comestível sendo adicionado diretamente no produto ou sendo dissolvido em um óleo transportador.

Muitos fabricantes escolhem usar os isolados porque eles são mais baratos do que a maioria dos extratos de espectro completo e também porque é muito mais fácil controlar a dose.

Se você pegar 100 mg de CBD puro e adicionar a um frasco de 30 ml, é fácil afirmar que este frasco contém 100 mg de CBD. Tentar fazer isso com extratos de espectro completo é muito mais difícil, porque a concentração de CBD pode variar significativamente de um lote para o outro.

Desta forma, os isolados de CBD oferecem algumas vantagens claras:

  • É mais fácil padronizar o conteúdo de CBD.
  • Os produtos feitos de isolado tendem a ser mais baratos.
  • Há mais pesquisas sobre os isolados de CBD.
  • É mais fácil manter a quantidade de THC bem abaixo dos níveis psicoativos.

Os isolados de CBD também vêm com alguns pontos negativos:

  • É necessária uma dose mais alta para produzir os mesmos benefícios que os óleos de espectro completo.
  • É mais difícil rastrear o CBD de volta à sua fonte.
  • Ele não tem os benefícios de outros canabinoides (a menos que sejam adicionados novamente depois).

Os isolados de CBD são úteis para pessoas que procuram um comestível de CBD simples e com bom custo-benefício, mas muitas vezes ficam aquém quando tentam adereçar sintomas ou problemas de saúde específicos.


Alertas Vermelhos na Hora de Comprar Comestíveis de CBD

Ao fazer sua pesquisa sobre comestíveis de CBD, certifique-se de que nenhuma dessas questões esteja presente:

  1. Inexistência de testes de terceiros
  2. Cânhamo proveniente da China ou da Índia (alta taxa de contaminação)
  3. Não há óleo transportador listado
  4. Não há dosagem listada na embalagem
  5. Não há concentrações de CBD e/ou THC listadas na embalagem
  6. Reivindicações exageradas na página do produto

Como Avaliamos os Produtos de CBD?

Se você é novo na indústria de CBD ou está tentando encontrar um novo fornecedor, pode ser complicado navegar por este mercado tão pouco regulado.

Este guia do comprador para comestíveis de CBD foi feito pensando nos seus interesses.

Aqui, você aprenderá a avaliar as empresas e seus comestíveis de CBD para obter o melhor retorno pelo seu dinheiro e encontrar o produto certo para as suas necessidades.

Este é o processo que utilizamos para avaliar comestíveis de CBD.

Passo 1: Avalie o Fabricante

Ao procurar um novo fornecedor de CBD no mercado, você sempre deve dar uma olhada nas políticas e procedimentos da empresa antes de ver os produtos.

Tirar um tempinho para fazer uma rápida verificação de antecedentes da empresa pode evitar muitos problemas no futuro.

Aqui estão algumas perguntas que nós fazemos antes de realizar um pedido com qualquer fabricante de CBD.

A) Onde o cânhamo da empresa é cultivado?

A fonte de cânhamo da empresa pode salvar ou destruir seus produtos finais. Se eles estão obtendo seu cânhamo de uma fonte suspeita, alguns materiais indesejáveis ​​ou potencialmente perigosos podem acabar nos seus comestíveis de CBD.

Uma boa fonte de cânhamo é aquela que é 100% orgânica, livre de organismos geneticamente modificados (OGMs), sem pesticidas e sem THC. Alguns dos melhores cânhamos são cultivados nos Estados Unidos, mas há ótimas fazendas também no norte da Europa.

Sempre tente encontrar uma empresa que cumpra todas as exigências de qualidade acima. Isso nos leva ao próximo item.

B) A empresa disponibiliza testes de laboratório de terceiros?

Se uma empresa não pode apresentar resultados de testes de terceiros, ela não vale o seu tempo. Há muitas outras empresas por aí que fabricam comestíveis de CBD e investem seu tempo e esforço para que os produtos sejam testados em um laboratório de terceiros. Assim, não há margem para dúvidas sobre a qualidade do produto que você está colocando dentro do seu corpo.

A indústria de CBD é mal regulamentada, o que significa que não há agências governamentais que responsabilizam os fabricantes de CBD pelos produtos que eles oferecem. Isso permite que empresas criem produtos de qualidade surpreendentemente baixa e façam reivindicações falsas a seu respeito.

Os testes de terceiros são um passo opcional que as empresas podem dar para provar que as alegações que fazem sobre seus produtos são verdade. Nós desconfiamos de empresas que não fazem isso porque parece que elas têm algo a esconder.

Todos os comestíveis de CBD que listamos neste artigo têm seus respectivos testes de terceiros disponíveis.

C) A empresa possui uma declaração de princípios forte?

Uma declaração de princípios forte pode ser um indicador de qualidade geral. Se a empresa se preocupa com o setor como um todo – e não apenas com os lucros –, é mais provável que ela esteja tomando medidas para garantir que seus produtos sejam de fato úteis.

Ao procurar o seu próximo fornecedor de comestíveis de CBD, você verá que muitas empresas têm uma variação do seguinte:

“Queremos fornecer os benefícios naturais do CBD ao mundo”.

Em outras palavras, “queremos ganhar muito dinheiro”. Bom, todo mundo quer, não é mesmo?

Procure uma empresa que se esforça para educar os consumidores, realizar pesquisas sobre o CBD ou doar para instituições de caridade relevantes. Isso aumenta suas chances de encontrar um fornecedor que se importa.


Passo 2: Avalie os Produtos

Ótimo, você encontrou algumas empresas que atendem a todos os requisitos acima. E agora, como escolher o melhor produto?

A) Qual é o custo por mg de CBD?

Se uma das suas principais preocupações é o preço, compare os produtos pelo custo por mg de CDB.

Ao procurar seu próximo fornecedor de CBD, você vai encontrar todos os tipos de concentrações e preços. O custo por mg de CBD é uma medida fácil e significativa para comparar os produtos.

Basta pegar o custo total do produto e dividi-lo pelo total de CBD. Dessa forma, você verá o quanto está realmente pagando pelo ingrediente mais importante: o CBD.

É claro, isso também deve ser mantido no contexto do próprio comestível, já que os outros ingredientes terão um impacto neste número. Um mel de CBD vai ser mais caro que um óleo de coco, por exemplo.

Esta medida é mais útil quando se compara comestíveis de CBD do mesmo tipo – mas também pode ser útil entre comestíveis diferentes (e até entre outros formatos, como óleos e sprays), desde que você não se esqueça deste detalhe.

Comparando os preços dos nossos comestíveis de CBD mais bem avaliados
Nome do Produto Preço por mg de CBD
Hemplucid Balas de Goma Comestíveis US$ 0,13 – US$ 0,17
Lazarus Naturals Óleo de Coco com CBD US$ 0,04 – US$ 0,05
Kat’s Naturals Cânhamo Ativado US$ 0,06
Elixinol X-PenUS$ 0,13
Pure Science Lab Chocolate com CBD US$ 0,21 – US$ 0,28

B) Qual é a potência?

Sempre verifique a potência. Você verá muitos produtos com a mesma quantidade de CBD, mas em embalagens de tamanhos diferentes. Isso pode afetar a quantidade de produto que você precisa usar para obter os resultados desejados.

Por exemplo: um pacote com 10 balinhas de goma e 500 mg de CBD (50 mg por bala) pode ser melhor para usuários experientes do que um pacote com 5 balas de goma e 100 mg de CBD (20 mg por bala).

Quaisquer que sejam seus objetivos, é sempre bom verificar o conteúdo real de CBD por porção antes de fazer uma compra.

Diferentes tipos de comestíveis de CBD têm medidas diferentes de potência. Aqui vão alguns exemplos de como preferimos medir a potência para diferentes tipos de comestíveis:

  • Café – mg por xícara
  • Chá – mg por xícara ou por saquinho
  • Mel – mg por ml
  • Brownies e brigadeiros – mg por porção
  • Chocolate – mg por barra ou por quadradinho
  • Óleos de cozinha – mg por ml
  • Bebidas alcoólicas – mg por dose
  • Balas de goma – mg por unidade
Comparando as potências dos nossos comestíveis de CBD mais bem avaliados
 Nome do Produto Potência
Hemplucid Balas de Goma Comestíveis 15 – 25 mg de CBD por bala
Lazarus Naturals Óleo de Coco com CBD 10 mg de CBD por ml
Kat’s Naturals Cânhamo Ativado  12 mg de CBD por grama
Elixinol X-Pen100 mg de CBD por ml
Pure Science Lab Chocolate com CBD5 – 15 mg de CBD por pedaço

C) Quais outros ingredientes a empresa usa para fazer os comestíveis?

Os comestíveis vêm com um nível extra a ser considerado em relação a outros formatos de CBD: também é necessário avaliar os ingredientes do próprio comestível além de CBD e de outros canabinoides.

Por exemplo, qual é a qualidade do brownie fora o conteúdo de CBD? O extrato de cânhamo pode ser de primeira, mas se o resto do brownie é ruim, não podemos recomendá-lo – certo?

Este passo é muito mais difícil de avaliar porque há muitas variáveis envolvidas dependendo do tipo específico de comestível que você está procurando.

Nós geralmente começamos tomando nota da lista de ingredientes. Isso nos permite avaliar se os outros aspectos do comestível parecem bons ou não.

Comparando os ingredientes dos nossos comestíveis de CBD mais bem avaliados
Nome do Produto Outros ingredientes relevantes
Hemplucid Balas de Goma Comestíveis Xarope orgânico de glucose, açúcar orgânico, pectina, ácido cítrico, ácido ascórbico, sabores e colorantes naturais (maçã, cenoura, abóbora, groselha).
Lazarus Naturals Óleo de Coco com CBD Óleo de coco orgânico.
Kat’s Naturals Cânhamo Ativado Flor de cânhamo descarboxilado e óleo de coco orgânico.
Elixinol X-PenÓleo de TCM (extraído de óleo de coco).
Pure Science Lab Chocolate com CBDChocolate amargo 60%, massa de cacau, açúcar de cana, sal, lecitina de soja e fava de baunilha.

Conclusão Sobre os Comestíveis de CBD

Os comestíveis são, de longe, uma das maneiras mais agradáveis ​​de usar o CBD. Há um monte de opções disponíveis para atender às preferências de praticamente todo mundo.

E considerando esta quantidade de opções, procurar o melhor comestível para você pode ser uma empreitada difícil.

Recomendamos que você dê uma olhada em alguns dos produtos mencionados neste guia e escolha seu comestível utilizando as informações que fornecemos para avaliar empresas e produtos, assim como suas preferências pessoais quanto a sabores e tipos de comestíveis que te interessam.

Use este guia para tornar sua busca pelos melhores comestíveis de CBD mais fácil do que nunca. Consulte os gráficos de preço e potência acima para entender os produtos disponíveis no mercado.

E se você quer começar sua pesquisa com uma vantagem, volte ao topo desta página para ver nossos melhores comestíveis de CBD para 2019.

Se Inscreva na Nossa Newsletter

Você está inscrito!

A inscrição falhou!