Baseado em evidências

Óleo de CBD de Espectro Completo vs. Isolado de CBD: Qual é a Diferença?

Qual é a diferença entre extratos de CBD de espectro completo e isolados? Nós vamos explicar e te ensinar a escolher os produtos certos para você.

Artigo escrito por
Justin Cooke , postado a 2 semanas atrás

  • Tabela de Conteúdo

Existem dois tipos de extratos de CBD: isolados, que contém 99% de CBD puro, e extratos de espectro completo, ricos em CBD mas também em inúmeros outros canabinoides e fitoquímicos naturalmente produzidos pela planta de cannabis.

Por que as empresas de CBD vendem ambos? Qual deles você deve comprar? Por que existe uma diferença de preço?

Vamos examinar tudo o que há para saber sobre extratos de espectro completo e isolados de CBD para que você possa tomar uma decisão informada e que melhor se adapta às suas necessidades.

Vamos começar!

Destaques: Qual é a Diferença Entre os Óleos de Espectro Completo e os Isolados de CBD?

As diferenças entre essas duas formas de CBD se resumem ao processo de fabricação do extrato e ao conteúdo resultante. Extratos de espectro completo são feitos ao se retirar todos (e somente) os compostos medicinais de dentro da planta de cannabis, deixando para trás apenas as fibras, proteínas grandes e estruturas celulares.

Os isolados de CBD começam da mesma maneira, mas passam por etapas adicionais para remover ainda mais substâncias, exceto o CBD puro.

Cada um desses extratos tem seu próprio conjunto de pontos fortes e fracos:

Comparando Extratos de Espectro Completo e Isolados de CBD

 Extratos de Espectro CompletoIsolados de CBD
Custo GeraisMais carosMais baratos
Gama de CanabinoidesContém muitos canabinoides diferentesContém apenas CBD
Conteúdo de THCPode conter THCImprovável que contenha THC
PotênciaPotência mais altaPotência mais baixa
Valor dos benefícios para a saúdeVasta gama de condições pode ser controlada de forma eficazBenefícios limitados
GostoCostuma ter um sabor melhor na sua forma bruta devido ao conteúdo de terpenosNão têm sabor, que deve ser adicionado separadamente
Efeitos ColateraisMenos propensos a produzir efeitos colateraisMais propensos a produzir efeitos colaterais
Efeito EntouragePresenteAusente

O que é o Efeito Entourage?

O efeito entourage é um termo usado para descrever a sinergia benéfica naturalmente encontrada na planta de cannabis. Todos os compostos naturais da planta trabalham juntos para produzir efeitos mais fortes do que qualquer um deles isoladamente.

Os canabinoides funcionam melhor quando trabalham juntos para criar um resultado harmonioso, como um grupo de instrumentistas tocando juntos em uma orquestra. Um instrumento tocando sozinho é bonito, mas não se compara ao efeito de um concerto com uma orquestra inteira.

A sinergia é um conceito bem conhecido em química e é bastante comum entre os medicamentos fitoterápicos.

Lembre-se disso quando for discutir as diferenças entre os extratos de espectro completo e os isolados de CBD. Uma das maiores diferenças entre esses produtos é a presença do efeito entourage em extratos de espectro completo.

Leia o nosso guia sobre o efeito entourage

O que é CBD de Espectro Completo?

A planta de cannabis contém centenas de compostos diferentes. Um extrato de espectro completo mantém a maioria desses compostos no produto final.

Pode-se dizer que um extrato de espectro completo tem uma “diversidade de canabinoides” melhor do que um isolado puro de CBD, ou mesmo extratos de espectro pseudo-completo (que abordaremos mais adiante).

Fazendo Extratos de Espectro Completo

Durante o processo de fabricação, o cânhamo cru é lavado com um solvente. No passado, utilizava-se um solvente orgânico, como butano, álcool ou éter. Agora, a maior parte é feita através de um processo chamado CO2 supercrítico.

Ele funciona da seguinte maneira: o dióxido de carbono é mantido a uma temperatura e pressão específicas dentro de um sistema fechado. Essas medidas específicas transformam o gás em um “estado supercrítico”, onde ele não é nem líquido nem gás. Isto dá ao CO2 propriedades que lhe permitem penetrar o cânhamo cru – como um gás –, mas dissolve compostos das folhas e flores como um líquido.

O CO2 supercrítico é altamente eficiente na extração de todos os compostos da planta, incluindo os terpenos, canabinoides, lignanas, flavonoides e polifenois. Quando o processo termina, o fluido supercrítico é separado e a pressão é liberada. O gás evapora imediatamente, deixando para trás todos os fitoquímicos da planta.

Com esta extração de CO2, se elimina a chance de deixar solventes prejudiciais para trás, fazendo deste o método de extração mais limpo. Nesta fase, pouco mais é feito no extrato de espectro completo. Em alguns casos, o extrato ganha uma purificação extra e é misturado com outros lotes para equilibrar as médias de canabinoides entre eles.

O produto final contém um equilíbrio praticamente idêntico de todos os fitoquímicos naturalmente produzidos pela planta.

As Vantagens e Desvantagens dos Extratos de CBD de Espectro Completo

VantagensDesvantagens
Aproveita os benefícios do efeito entourageAs concentrações finais de canabinoides são frequentemente imprevisíveis e dependem muito da fonte de cânhamo
É uma forma mais holística de suplementação com CBDPode conter concentrações mais elevadas de THC
Pode ser feito em casa usando álcool ou outros solventes e plantas de cânhamo secasCada lote é completamente único, tornando mais difícil atingir as quantidades indicadas nos rótulos dos produtos
Produz menos efeitos colateraisOs efeitos de combinações individuais de terpenos/canabinoides pode fazer com que seja difícil prever os efeitos

Quando Usar Extratos de Espectro Completo

De um modo geral, se você vai usar CBD para uma condição médica, um extrato de espectro completo é uma opção superior.

Os efeitos dos extratos de espectro completo são mais potentes e têm benefícios muito mais amplos do que os de um isolado, graças aos outros compostos terapêuticos abundantes na planta.

Quem deve usar extratos de espectro completos?

  • Pessoas que usam CBD para aplicações médicas específicas (como ansiedade, depressão, mal de Alzheimer, insônia ou artrite)
  • Pessoas que preferem suplementos feitos com filosofias holísticas
  • Pessoas que não se importam de gastar um pouco mais com produtos de alta qualidade

Quando Evitar os Extratos de Espectro Completo

Extratos de espectro completo não são para todos. Eles têm um preço mais alto, têm perfis canabinoides inconsistentes e costumam conter pelo menos um pouco de THC.

Também é muito mais difícil obter uma dose alta de CBD com extratos de espectro completo em comparação com um isolado.

Quem não deve usar extratos de espectro completo?

  • Pessoas que querem evitar até mesmo pequenas quantidades de THC
  • Pessoas com um orçamento rigoroso
  • Pessoas que requerem dosagens precisas de CBD

O que é um Isolado de CBD?

Um isolado de CBD é exatamente o que parece – um extrato que teve todo o CBD isolado dos outros constituintes.

Esses extratos purificados facilitam que as empresas alcancem a dose desejada de CBD em seus produtos. Se elas querem uma potência de 300 mg em seu óleo de CBD, elas simplesmente adicionam 300 mg de CBD puro por frasco.

Para extratos de espectro completo, isso é muito mais difícil porque cada extrato que sai do processo de extração terá níveis variáveis ​​de CBD e de outros canabinoides. Pode ser difícil encontrar a quantidade exata de extrato necessária para obter a mesma dose de 300 mg de CBD em seus produtos.

Assim, o isolado é muito mais fácil para os fabricantes padronizarem seus produtos, mantendo sempre as mesmas concentrações de CBD que as mencionadas no frasco – algo que é particularmente difícil de fazer com extratos de espectro completo.

Fazendo Isolados de CBD

Os isolados de CBD começam como um extrato de espectro completo. Uma vez que o extrato é feito, um processamento adicional remove todos os outros compostos do extrato, deixando para trás apenas o CBD puro.

Esse isolamento depende de um processo chamado cromatografia, que é o mesmo processo usado para isolar o THC e muitos outros produtos químicos em outras indústrias. O extrato é suavemente aquecido e empurrado através de um cilindro especializado.

Como cada composto tem um peso molecular diferente, eles sairão do outro lado em momentos diferentes. Os cientistas já sabem o peso molecular exato do CBD, então eles podem simplesmente separar o CBD à medida que sai do cilindro.

Depois disso, o óleo extraído passa por um “processo de winterização” que remove ainda mais as ceras e outros materiais vegetais que ainda possam estar presentes após o processo de separação.

O produto final geralmente vem na forma de um cristal (os cristais só costumam ser formados por substâncias químicas puras).

Esses cristais podem então ser dissolvidos e transformados em qualquer formato que o fabricante queira fazer seus produtos.

As Vantagens e Desvantagens dos Isolados de CBD

VantagensDesvantagens
É fácil obter concentrações precisas de CBD nos produtos quando se usa isoladosNão tem os benefícios do efeito entourage
Tende a ser mais barato que produtos de espectro completoMais propensos a causar efeitos colaterais
Os fabricantes podem garantir que não há THC em seus produtosNão produzirão tantos benefícios à saúde

Quando Usar Isolados de CBD

Os isolados de CBD são mais comuns do que os óleos de espectro completo e por um bom motivo. Fabricantes que usam isolados podem garantir que seus produtos não contém nenhum THC psicoativo e fica muito mais fácil padronizar os produtos para um determinado conteúdo de CBD.

Isso reduz o custo desses produtos e os torna mais confiáveis ​​em seus efeitos.

Quem deve usar isolados de CBD?

  • Pessoas que procuram produtos de CBD baratos e eficazes
  • Pessoas que querem evitar até pequenas quantidades de THC
  • Pessoas que procuram a maior dose possível de CBD

Quando Evitar os Isolados de CBD

Os isolados de CBD estão longe de ser perfeitos. Eles não têm a profundidade que os produtos de espectro completo podem fornecer através de seus perfis adicionais de canabinoides, terpenos e outros fitoquímicos. Isso os torna menos completos do que seus colegas de espectro completo em termos de benefícios para a saúde.

Quem não deve usar isolados de CBD?

  • A maioria das pessoas que usa o CBD para um problema de saúde específico
  • As pessoas que preferem produtos de saúde holísticos

O que São Extratos de Espectro Pseudo-Completo?

Existe uma terceira classe de extratos de CBD, embora os limites estejam meio embaçados para estes produtos.

Os extratos de espectro pseudo-completo são na verdade isolados que foram misturados para tentar imitar os níveis naturais de canabinoides da planta.

Os fabricantes pegarão CBD, CBC, CBG, CBN e vários outros canabinoides e terpenos isolados e os misturarão de forma sintética para produzir um perfil mais “natural”.

Esses produtos são um meio termo entre os extratos de espectro completo de verdade e os isolados. Eles não fornecem o mesmo nível de sinergia que um extrato de espectro completo, mas oferecem mais diversidade química do que os isolados, ao mesmo tempo em que mantêm o custo mais baixo e processos de fabricação mais consistentes.

Perguntas Frequentes

Se o espectro completo contém THC, eu vou ficar chapado?

Os extratos de espectro completo sempre declararão se contêm quantidades vestigiais (menos de 0,03%) ou quantidades maiores de THC. As quantidades vestigiais em doses regulares não te deixarão chapado – a dose é muito baixa para isso.

vestígios de álcool no kombucha, mas as pessoas o consomem sem ficarem bêbadas. Isso acontece porque é extremamente difícil alcançar as propriedades intoxicantes do álcool com quantidades tão pequenas. O mesmo acontece com os baixos níveis de THC em um produto de espectro completo.

Claro, também é possível obter um extrato de maconha de espectro completo que contenha doses psicoativas de THC – mas estes são produtos completamente diferentes e não são vendidos como óleos ou extratos de cânhamo.

Para ser classificada legalmente como “cânhamo”, a planta crua precisa ter menos de 0,03% de THC por peso seco. Qualquer coisa acima deste valor classifica a planta como maconha – que permanece ilegal na maior parte do mundo.

Se você está preocupado em ter uma viagem com o seu óleo de CBD – não fique. Desde que o frasco liste menos de 0,03% de THC em seu óleo de espectro completo, você não terá nenhum problema.

Como diferencio os extratos de espectro completo dos isolados de CBD?

Agora que você decidiu qual extrato você deve comprar – como diferenciar um do outro na hora de escolher?

A verdade é que a maioria das empresas só divulga o conteúdo de CBD, deixando de mencionar as quantidades de todos os outros canabinoides – ou a falta deles.

Enquanto a maioria das empresas lhe dirá na descrição do produto se ele foi feito a partir de extratos de espectro completo ou de um isolado, algumas são bem menos transparentes.

Se você não encontrar a resposta na página de descrição do produto, a maneira mais definitiva de descobrir é olhar os resultados dos testes de terceiros.

Deixe-me explicar como isso funciona.

Suponhamos que você tenha um óleo de CBD feito de isolado (vamos usar o da Kat’s Naturals) e um óleo de CBD da mesma potência feito de extrato de espectro completo (vamos usar o da Nuleaf Naturals).

Vamos começar com o produto feito de isolado de CBD:

O primeiro produto, Kat’s Naturals Heal, não é anunciado como um isolado de CBD. Muitas empresas fazem isso porque ser um isolado é geralmente considerado um ponto negativo, não um ponto positivo.

O frasco apenas lista o conteúdo da CBD, mas isso não significa que ele não contenha outros canabinoides.

A única maneira de ter certeza é examinando os resultados laboratoriais de terceiros fornecidos para esse produto. Vamos dar uma olhada:

Você viu que o único canabinoide que apresenta uma concentração relevante, com 49,55%, é o CBD? Quase todos os outros são ND – não disponíveis – exceto pelo ácido canabidiólico, com menos de 0,1%. Isso confirma que este produto é feito de isolados de CBD.

Agora, vamos dar uma olhada no exemplo de espectro completo:

A Nuleaf Natural’s anuncia claramente que seu produto é um óleo de espectro completo. Novamente, isso acontece porque é visto como um ponto de venda positivo para a maioria das pessoas. Se uma empresa vai se dar ao trabalho de fornecer um extrato de espectro completo, ela vai anunciar o máximo possível.

Para confirmar isso, podemos dar uma olhada nos resultados dos testes de terceiros:

Viu como existem inúmeros outros canabinoides também presentes neste teste? CBC, CBDA, CBN, THC… É a confirmação de que o óleo da NuLeaf Natural’s foi de fato feito a partir de um extrato de espectro completo.

Como encontrar testes de laboratório de terceiros

Se você não conseguir encontrar esses testes na página do prodtuo, tente o seguinte truque usando uma busca no Google.

Digite na sua barra de pesquisa do Google:

“Site: [site da empresa] + certificado de análise”

Em nossos exemplos, as pesquisas que usamos ficaram assim:

“site: https://katsnaturals.com certificado de análise”

e

“site: https://nuleafnaturals.com certificado de análise”

Isso deve te ajudar a encontrar a página que a empresa usa para publicar seus resultados de laboratório (às vezes, as empresas realmente dificultam o processo; você tem que procurar a fundo).

Uma observação: se você não consegue encontrar o certificado de análise para uma empresa que está investigando, pule para a próxima empresa. O teste de terceiros é a única forma real de garantia qualidade nesta indústria tão pouco regulada.

Resumo: Devo Usar um Extrato de CBD Isolado ou de Espectro Completo?

Ambos têm ótimos benefícios e usos, mas tudo se resume ao que você espera obter.

Você pretende misturar o CBD com outros produtos?

Você odeia o gosto de cânhamo?

Quanto você quer gastar?

Você quer saber exatamente quanto CBD você está tomando?

Quando você ouve falar dos milagrosos benefícios medicinais do CBD, muitas vezes ele está pegando carona com seus primos canabinoides, antioxidantes e terpenos encontrados na planta de cânhamo. O CBD funciona melhor quando coexiste com tudo mais no cânhamo – ao eliminar todos esses outros compostos, a força medicinal por trás do extrato começa a decair.

Muitas vezes, as pessoas se esquecem de considerar qual é o conteúdo de flavonoides, terpenos, polifenois e canabinoides menores em seus extratos de CBD.

Tendo dito tudo isso, considere que cada um de nós tem uma composição fisiológica diferente. É inteiramente possível que o seu corpo reaja melhor ao CBD isoladamente do que ao espectro completo.

Referências

  1. Russo, E. B. (2011). Taming THC: potential cannabis synergy and phytocannabinoid‐terpenoid entourage effects. British journal of pharmacology, 163(7), 1344-1364.
  2. Chen, A. (2017). Some of the Parts: Is Marijuana’s “Entourage Effect” Scientifically Valid? Scientific American.
  3. Gorman, P. M.; e Jiang, H. (2004). Isolation methods I: thin-layer chromatography. Em Separation Science and Technology (Vol. 5, pp. 203-230). Academic Press.
  4. Bjorn Krantz, W. (2017). U.S. Patent Application No. 15/151,327.