Como Comprar CBD no Brasil

Artigo escrito por
Daily CBD , postado a 5 meses atrás

  • Tabela de Conteúdo

Se você já ouviu falar dos muitos benefícios potenciais à saúde que o CBD pode trazer, provavelmente já pesquisou “como comprar CBD no Brasil” algumas vezes. Se esse é o seu caso, você veio ao lugar certo.

Para quem é novo no mundo do CBD, uma rápida explicação: o CBD (abreviação de canabidiol) é um composto químico que pode ser extraído de plantas de cannabis – como o cânhamo e a maconha. Muitas pesquisas mostram que ele pode ser útil para tratar uma ampla variedade de sintomas, incluindo dor, náusea, inflamação, ansiedade, estresse, convulsões e muito mais.

A boa notícia é que, apesar de a maconha não ser legalizada no Brasil, o CBD para uso medicinal é. Então, se você seguir os procedimentos corretamente, poderá receber seus produtos aqui mesmo no país.

A má notícia é que o CBD ainda não pode ser produzido nem comercializado localmente. O que isso significa pra você? Isso significa que, para obter produtos de CBD no Brasil, você terá que importá-los por conta própria.

Mas não se preocupe. Neste guia nós vamos te ensinar a fazer exatamente isso, cobrindo os seguintes pontos:

  • Como pesquisar empresas antes de fazer um pedido
  • Quais características procurar em um produto para avaliar sua qualidade
  • A situação legal do CBD no Brasil
  • Como importar produtos de CBD para o Brasil

Seus dias de pesquisar “como comprar CBD no Brasil” acabaram. Ao final deste guia, você terá o conhecimento necessário para encontrar produtos de alta qualidade e, mais importante, saberá como adquiri-los aqui mesmo, no Brasil.

Encontrando Empresas e Produtos de Alta Qualidade

Nem todos os óleos e demais produtos de CBD são criados da mesma maneira. Quando você começar sua busca por CBD, verá rapidamente que o mercado está inundado com centenas de fornecedores diferentes. E todo fornecedor afirma que seu óleo de CBD é o melhor disponível.

Obviamente, nem todos podem ser os melhores. Na verdade, alguns produtos sequer contêm o nível anunciado de CBD e outros são descaradamente perigosos.

Como saber quem está dizendo a verdade sobre seus produtos?

Felizmente, existem algumas precauções que você pode tomar antes de entregar seu suado dinheirinho.

Comece com Avaliações Online

As avaliações online são suas melhores amigas na indústria do CDB. Existe maneira melhor de saber se um produto funciona do que perguntando a pessoas que já o experimentaram por si mesmas?

Quase todos os fabricantes de CBD têm avaliações postadas publicamente em suas páginas de produtos, sendo a maioria delas positiva.

Mas é importante abordar essas avaliações com um pouco de desconfiança. Afinal, qual empresa publicaria um monte de comentários péssimos sobre um produto que está tentando vender?

Em vez disso, procure blogs menores ou canais do youtube que fazem avaliações de vários produtos diferentes de CBD. Eles são a luz no fim do túnel em uma indústria muitas vezes obscura. É muito mais provável que esses tipos de avaliações sejam genuínos.

Outro grande recurso é o Reddit. Existem milhares de pessoas discutindo seus produtos de CBD favoritos e oferecendo conselhos sobre como escolher CDB com base em necessidades específicas.

Para ver muitas discussões e comentários úteis, sugerimos que você visite reddit.com/r/cbd e reddit.com/r/cbdinfo. Mas atenção: ambas as páginas estão em inglês.

Investigue a Empresa Antes de Comprar

Antes de encomendar qualquer produto de CBD, avalie a empresa que o fornece. Seus procedimentos e políticas podem dizer muito sobre a qualidade final dos produtos.

Algumas perguntas que você pode fazer para obter informações valiosas sobre os fornecedores de CBD são:

A) Onde eles obtêm seu cânhamo?

Se a empresa está fabricando seus produtos com cânhamo de baixa qualidade, o CBD está praticamente condenado desde o início. Uma fonte de cânhamo de má qualidade pode resultar em produtos de CBD inativos ou que contêm materiais perigosos – como mercúrio.

O cânhamo é ótimo em absorver as qualidades do ar e do solo em que é plantado. Se for cultivado em condições poluídas, seus óleos de CBD provavelmente conterão os mesmos contaminantes.

Você vai querer encontrar uma empresa que usa cânhamo industrial 100% orgânico, sem OGMs (organismos geneticamente modificados), livre de pesticidas e cultivado nos Estados Unidos. Se o seu fornecedor de CBD cumpre todos estes requisitos, você terá um ótimo começo.

B) Eles disponibilizam testes de laboratório de terceiros?

Dê uma olhada no site da empresa e veja se consegue encontrar resultados de testes laboratoriais de terceiros. Laboratórios de terceiros podem conferir os produtos para garantir que o conteúdo de CBD corresponde ao que a empresa está anunciando e que ele não contém solventes ou metais pesados.

Este é um passo extremamente importante, porque esses fatores são difíceis de determinar por conta própria.

Só use produtos que foram testados por um laboratório de terceiros. Evite o incômodo e escolha uma empresa que não tem nada a esconder.

C) Como eles extraem seu CBD?

Existem muitas maneiras diferentes de extrair o CBD das plantas de cannabis. O padrão ouro dentro da indústria é usar a extração com CO2 supercrítico.

Com as tecnologias atuais, este é definitivamente o melhor método. A extração com CO2 não requer solventes adicionais nem calor, o que ajuda a manter os óleos de CBD limpos e puros.

Além disso, o equipamento para realizá-la é extremamente caro, então sua utilização demonstra que a empresa está comprometida com a qualidade. Tente encontrar um fornecedor que utilize exclusivamente a extração com CO2.

D) Seus produtos de CBD são de espectro completo ou isolados?

Em sua pesquisa, você verá duas categorias principais de óleos de CBD: espectro completo e isolados.

Os isolados de CBD são exatamente o que parecem. CBD que foi removido de todos os outros canabinoides e compostos químicos encontrados na planta de cannabis. Estes produtos geralmente tomam a forma de cristais ou pó, mas também podem ser encontrados em óleos.

Os óleos de CBD de espectro completo são a escolha certa. Eles são feitos com a planta de cânhamo inteira, o que significa que você estará aproveitando mais do que apenas CBD.

Há evidências que sugerem que o CBD é mais eficaz quando usado com outros canabinoides. Além disso, os óleos de CBD de espectro completo terão sabores e aromas mais complexos e únicos, que podem tornar sua experiência mais agradável.

E) Eles têm uma forte declaração de princípios?

Uma forte declaração de princípios pode mostrar que a empresa se preocupa com mais do que apenas ganhar muito dinheiro. Ganhar dinheiro é obviamente o objetivo principal, e isso não tem problema nenhum. No entanto, ganhar dinheiro pode andar de mãos dadas com uma tomada de decisões socialmente consciente.

Você provavelmente verá um monte de empresas com uma variação da seguinte declaração:

“Queremos fornecer o potencial de cura natural do CBD ao mundo”.

Bem, sim. É o que toda empresa de CBD quer fazer.

Em vez disso, procure um fornecedor que esteja doando ativamente para pesquisas sobre o CDB ou para instituições de caridade relevantes. Isso demonstra um certo nível de comprometimento com a indústria como um todo. Em geral, essas empresas tendem a se preocupar mais com seus clientes e com o que entra em seus óleos de CBD.

F) Quais são as suas políticas de atendimento ao cliente?

Por fim, dê uma olhada nas políticas de atendimento ao cliente. Cada pessoa reage ao CBD de forma diferente, o que pode dificultar a localização de um produto que funcione para você.

Muitas empresas oferecem políticas abrangentes de atendimento ao cliente para te ajudar em sua jornada. Algumas têm até políticas de devolução em 30 dias ou garantias de satisfação.

As empresas com estes tipos de políticas estão ativamente buscando a opinião dos clientes para melhorar seus produtos. Provavelmente, é uma boa ideia ficar longe de empresas que não oferecem atendimento e suporte ao cliente depois que você lhes dá seu dinheiro.

Uma breve revisão de como avaliar um fornecedor de CDB rapidamente:

  1. Descubra onde eles obtêm seu cânhamo. Esta pode ser a diferença entre um produto fantástico e um produto inativo ou perigoso.
  2. Compre somente de fornecedores que possam demonstrar que seus óleos de CBD foram testados por um laboratório de terceiros. Se eles não tiverem testes de laboratório, não desperdice seu tempo ou dinheiro.
  3. Procure empresas que produzem seus óleos de CBD usando extração com CO2. Esta é, de longe, a melhor maneira de fazer extratos de CBD limpos e puros.
  4. Escolha óleos de espectro completo para aproveitar todos os benefícios potenciais da cannabis.
  5. Dê uma olhada na declaração de princípios da empresa. Compre de empresas que doam para pesquisas ou instituições de caridade relevantes.
  6. Certifique-se de que eles tenham fortes recursos de atendimento ao cliente que o ajudarão depois de fazer sua compra.

Os Óleos de CBD são Legais?

Sim, os óleos de CBD são legais para consumo no Brasil. No entanto, com muitas restrições.

Como o Brasil ainda não liberou a produção de cânhamo nem o consumo de maconha recreativa no país, os produtos de CBD – mesmo sendo legais – não são produzidos nem vendidos localmente. Assim, a única opção do cliente é importá-los por conta própria.

Como Importar Produtos de CBD para o Brasil

O processo de importação de produtos de CBD para o Brasil não é nada simples. São muitas etapas, frequentemente burocráticas e muitas vezes demoradas. Mas não desanime! No final de tudo, o que te aguarda é uma qualidade de vida melhor e o alívio de sintomas muitas vezes debilitantes.

Então vamos lá!

Em primeiro lugar, você deve conversar com seu médico e, caso o CBD seja uma possibilidade de tratamento para sua condição, obter uma receita.

Mas tem um probleminha.

Por ser um produto “novo” no mercado (na verdade, a maconha medicinal vem sendo usada há milênios – mas tudo bem), o CBD e seus benefícios ainda são desconhecidos de muitos profissionais da saúde. Isso faz com que eles fiquem relutantes ao receitá-lo.

Então, se você realmente acredita que o CBD pode te ajudar, mas seu médico não sabe muito bem como ou mesmo não acredita nos benefícios do CBD, explique para ele. Leve dados, pesquisas, estudos de caso… Converse com seu médico e cheguem a um acordo que te beneficie, mas que esteja dentro das práticas dele.

Como toda prescrição médica, a sua receita de CBD deve ser bem específica. Então. além da tradicional assinatura do médico, com carimbo e número do registro profissional, ela deve conter o produto exato a ser usado, com dosagem e quantidades precisas, e a duração do tratamento. Ah, e o seu nome, é claro.

O próximo passo é se cadastrar na Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, e fornecer os documentos exigidos.

Além da receita, você vai precisar entregar:

  • um laudo especializado justificando seu pedido,
  • uma declaração de responsabilidade,
  • formulário de importação preenchido.

O site da Anvisa possui todos os modelos para estes documentos e eles podem ser entregues por e-mail ou nos correios.

Conseguiu sua autorização? Agora sim, você pode importar o produto através de remessa expressa, bagagem acompanhada ou licenciamento de importação. Os produtos a base de canabidiol não podem ser entregues via correio regular, então fique atento!

Por fim, é hora de retirar (ou declarar, caso você mesmo esteja trazendo) seu produto no aeroporto. Isso pode ser feito nos próprios postos da Anvisa em qualquer aeroporto do país. Não se esqueça de levar sua autorização e de mantê-la sempre junto ao seu CBD.

Outras observações importantes na hora de importar CBD para o Brasil

Como se todas estas etapas não fossem complicadas o suficiente, há ainda alguns pontos importantes a se prestar atenção na hora de importar seu produto de CBD para o Brasil.

O primeiro deles é que seu cadastro na Anvisa dura apenas um ano. Se você precisar continuar seu tratamento com CBD depois disso, deverá renovar o cadastro (com um novo laudo e uma nova receita).

O segundo é que você só pode trazer para o país a quantidade de produto relatada na sua receita. Isso pode ser feito de uma vez só ou em parcelas, mas, se por algum motivo você precisar de mais CBD – talvez o produto não tenha atingido os efeitos necessários ou a dose prescrita pelo médico tenha sido muito baixa – você terá que pedir uma nova receita e alterar seu cadastro na Anvisa.

Por fim, não deixe de checar as condições de importação com a Receita Federal. Você não vai querer que seu produto fique preso na aduana nem vai querer ser surpreendido por taxas extras em um produto que já é caro por si só.

Faça sua pesquisa, tenha todos os documentos necessários em mãos e importe seus produtos de CBD de forma legal e consciente.

Resumo de Como Importar CBD para o Brasil

Para comprar seus produtos de CBD sem problemas, siga os seguintes passos:

  1. Visite seu médico e obtenha uma receita para um produto específico
  2.  Faça seu cadastro na Anvisa e apresente sua receita, laudo especializado, declaração de responsabilidade e formulário de importação preenchido
  3. Importe seu produto através de bagagem acompanhada, remessa expressa ou licenciamento de importação
  4. Busque ou registre seus produtos de CBD nos postos da Anvisa em qualquer aeroporto do país.

Se você ainda tiver dúvidas ou perguntas a respeito do processo de importação de CBD para o Brasil, entre em contato direto com a Anvisa através do e-mail [email protected]

Conclusões

Com todo o este conhecimento recém adquirido, você está no caminho certo para encontrar e adquirir um óleo de CBD de alta qualidade. Há um oceano de produtos e fornecedores de CBD no mercado, portanto, use este guia para te ajudar a se manter à tona.

Uma vez escolhido seu produto, converse com seu médico e siga nossas orientações para comprar o seu CBD e consumi-lo legalmente aqui mesmo, no Brasil. Sim, é um processo longo e burocrático, mas valerá à pena se você tiver o produto certo para sua condição médica.

No início do artigo, incluímos uma lista de alguns dos nossos óleos de CBD favoritos. Todos eles se encaixam nos pré-requisitos para um óleo de CBD de alta qualidade, então veja se algum deles pode atender às suas necessidades.

Lembre-se, os melhores produtos CBD são feitos de cânhamo 100% orgânico, sem OGMs e livre de pesticidas. Verifique se eles foram testados por terceiros e não contêm substâncias potencialmente perigosas.

Boa sorte e bem-vindo ao mundo do CBD!

Se Inscreva na Nossa Newsletter